Anúncio físico vs. online: entenda mais as diferenças e vantagens

Anúncio físico vs. online: entenda mais as diferenças e vantagens

Anúncio físico ou online? Muitas empresas possuem dúvidas na hora de escolher o meio de divulgar sua marca, não é mesmo? Embora as mídias digitais estejam em seu auge, nem todos os profissionais estão seguros para modificar totalmente a forma com que fazem o marketing empresarial.

Para ajudá-lo, neste post, explicamos quais são as principais características de cada tipo de anúncio. Dessa forma, você estará mais bem preparado para tomar uma boa decisão.

Animado para aumentar o número de vendas? Boa leitura!

Alcance das mídias

Qual das mídias alcança mais pessoas? Qual apresenta melhor relação custo-benefício? Confira abaixo:

Anúncio físico

Os anúncios tradicionais podem alcançar milhares ou, até mesmo, milhões de pessoas diariamente. É possível exibir sua marca em outdoors, em avenidas muito transitadas nas principais cidades do país, em grandes jornais ou mesmo na TV. 

Anúncio online

Somente no Facebook, mais de 2 bilhões de usuários estão presentes em todo o mundo. Isso significa que cerca de um quarto da população mundial está tem uma conta nessa rede.

Dessa forma, é possível que você exiba sua marca para boa parte da população, do Brasil ou do mundo, alcançando tanto as pessoas que estão nas periferias quanto as dos grandes centros.

Segmentação

Segmentar usuários significa mostrar o anúncio para a pessoa certa, de acordo com características específicas, certo? Então veja como ela é feita:

Anúncio físico

Para segmentar seu público nesse tipo de publicidade, é necessário escolher quais são os jornais, revistas e outras mídias que representem o interesse dos seus clientes. Ainda assim, entretanto, não é possível garantir que os leitores, realmente, tenham o perfil que você deseja.

Anúncio online

Os anúncios online, diferentemente, podem ser facilmente segmentados de maneira eficaz. O perfil social e demográfico é útil para selecionar quais são as pessoas que você deseja alcançar. Assim, apenas internautas com as características desejadas visualizarão seus anúncios e consumirão os recursos empregados na campanha.

Os usuários demonstram seus interesses a cada página que visitam ou compras que efetuam. Desse modo, sua marca pode usar essas informações para selecionar quem deve ver seus anúncios. 

Para terminar, também é possível veicular anúncios para usuários que já tenham engajado com seu site, aplicativo ou página nas redes sociais. Assim, você o lembrará de um artigo que viu ou um serviço que quase contratou.

Valor dos investimentos

A pergunta que não quer se calar é: o investimento precisa necessariamente ser alto? Saiba a resposta agora:

Anúncio físico

O valor do investimento depende da mídia anunciada, da quantidade de pessoas a que estará exposto e do tamanho do anúncio. Quanto mais destacado for, maior será o valor a ser desembolsado! Muitas dessas mídias exigem um contrato de médio prazo, sendo necessário desembolsar um valor considerável.

Anúncio online

Com as ferramentas de links patrocinados, você pode começar investindo o quanto quiser, sendo possível testar as principais funcionalidades de cada plataforma.

O valor a ser pago dependerá da qualidade do anúncio, da modalidade escolhida e, principalmente, da concorrência para o tema ou palavra-chave desejada. Por esses motivos, mais de 60% das empresas que investem em marketing digital fazem uso das mídias pagas. No Facebook, esse valor é superior a 90%.

Engajamento

Tendo em vista que engajar é criar um vínculo duradouro com seu público, então que tipo de anúncio engaja mais? Descubra agora:

Anúncio físico

Os anúncios físicos podem engajar os usuários, utilizando, por exemplo, QR Code e links para mídias sociais. Além disso, a criatividade da equipe de marketing pode fazer com que o público tenha uma melhor percepção da marca.

Anúncio online

Os anúncios online, por outro lado, contam com uma vantagem interessante: os usuários já estão nos locais mais adequados para se engajarem com seu conteúdo.

Em vez de necessitarem acessar a internet ou buscar um dispositivo para se engajar, eles já estarão prontos para compartilhar, comentar e curtir cada publicação. Assim, será mais fácil fazer com que os internautas interajam com seu conteúdo e tenham uma relação mais próxima com sua empresa.

Ainda está em dúvida? Você não precisa escolher, necessariamente, entre o anúncio físico ou online. Você pode gerenciar seu orçamento de forma a balancear seus investimentos e atingir seu público de diferentes formas. Além disso, a escolha está ligada a um planejamento de marketing bem organizado.

Quer receber mais dicas como essas? Então assine nossa newsletter e receba conteúdo em primeira mão!

Sem comentários

Cancelar